Uma peça com tradição! O ralador Baniwa é usado na mandioca, base alimentar das etnias indígenas do Alto Rio Negro. O detalhe mais impressionante: é feito com pedaços de quartzo fixados um a um na tábua.Os Baniwa fazem parte de um complexo cultural de 22 povos indígenas diferentes, que vivem no norte do Amazonas. Os trançados feito por eles com Fibras de Arumã tem uma simetria gráfica rigorosa e cada um dos grafismos tem um significado que remete a natureza. Elas são tingidas com corantes naturais, como o urucum (cor vermelha) e jenipapo (cor preta).  Além das cestas de Arumã e de peças incríveis de cerâmica, eles também fazem a pimenta jiquitaia, uma tradição milenar que já é usada em vários restaurantes pelo Brasil.

Medidas: Largura 23cm x Altura 52cm x Profundidade 3cm

Estado: Amazonas

RALADOR DE MANDIOCA ETNIA BANIWA

R$198,00
RALADOR DE MANDIOCA ETNIA BANIWA R$198,00
Sucesso! Você tem frete grátis
Frete grátis a partir de R$300,00
Entregas para o CEP:

Frete grátis a partir de R$300,00

Uma peça com tradição! O ralador Baniwa é usado na mandioca, base alimentar das etnias indígenas do Alto Rio Negro. O detalhe mais impressionante: é feito com pedaços de quartzo fixados um a um na tábua.Os Baniwa fazem parte de um complexo cultural de 22 povos indígenas diferentes, que vivem no norte do Amazonas. Os trançados feito por eles com Fibras de Arumã tem uma simetria gráfica rigorosa e cada um dos grafismos tem um significado que remete a natureza. Elas são tingidas com corantes naturais, como o urucum (cor vermelha) e jenipapo (cor preta).  Além das cestas de Arumã e de peças incríveis de cerâmica, eles também fazem a pimenta jiquitaia, uma tradição milenar que já é usada em vários restaurantes pelo Brasil.

Medidas: Largura 23cm x Altura 52cm x Profundidade 3cm

Estado: Amazonas