Featured Posts

Carnaval

February 5, 2016

Foto: Larissa Pampolha. / Máscara do artista Lula Vassoureiro disponível na Fuchic Flamingo.

 

O carnaval é considerado uma das maiores festas populares do Brasil. Ele tem sua origem em uma festa trazida ao país pelos Portugueses no século 17, chamada entrudo, que possuía um significado de liberdade por acontecer no período anterior à quaresma, sentido que se mantém até hoje.

 

As festas de carnaval de países como Itália e França também influenciaram o carnaval brasileiro. Nesses locais a festa tinha um grande desfile urbano e também os famosos bailes de máscaras, onde as fantasias mais tradicionais eram as de Pierrot, Arlequim e Colombina. Até hoje essas são as fantasias mais usadas no carnaval brasileiro.  

 

Apenas no final do século 19 começaram a surgir os primeiros blocos de carnaval, chamados de cordões ou ranchos. Já no ano de 1980 Chiquinha Gonzaga compôs a primeira marcha carnavalesca com letra, a famosa "Ô Abre Alas!". Apenas no século 20 o carnaval se tornou mais popular, com uma grande ajuda das marchinhas que foram crescendo e animavam cada vez mais os foliões.

 

A primeira escola de samba foi criada apenas no ano de 1928 no Rio de Janeiro, e era chamada “Deixa Falar”. Depois disso, começaram a surgir diversas escolas de samba tanto no Rio quanto em São Paulo, e o carnaval de rua começou a ganhar um novo formato, com os primeiros campeonatos entre as escolas.

 

Hoje em dia o carnaval do Rio de Janeiro é considerado o maior do mundo pelo Guiness Book desde 2004, com uma estimativa de dois milhões de foliões por dia. É uma grande mistura entre os tradicionais bloquinhos de rua e a estonteante disputa entre as escolas de Samba que acontece na Sapucaí.

 

Já no Nordeste o carnaval de rua manteve suas tradições originais. Em Recife e Olinda a festa é embalada por ritmos populares como frevo e maracatu. Em Recife também acontece o desfile de bonecos gigantes, uma das principais atrações locais no carnaval. O carnaval nessas duas cidades é considerado o mais democrático e culturalmente diverso do Brasil, além de possuir o maior bloco carnavalesco do mundo (segundo o Guiness Book de 1995), o Galo da Madrugada.

 

Em Salvador, na Bahia, o carnaval possui diversos trios elétricos com cantores famosos ou grupos típicos da região e desfiles dos bloquinhos de rua afro, muito tradicionais na cidade, como o Olodum, Ileyaê e Afoxé Filhos de Gandhi. 

 

Please reload

BUSCA POR ASSUNTO
Please reload