Featured Posts

As esculturas de Nené Cavalcanti

April 2, 2016

 

 

Maria das Neves Cavalcanti Moreira, artista mais conhecida como Nené Cavalcanti, nasceu em um sítio na cidade de Alagoa Nova, interior da Paraíba. Ela é uma das dez filhas do agricultor Apolônio Graciano da Silva e a dona-de-casa Josefa Cavalcanti da Silva.

 

Por conta de dificuldades financeiras, eles não tinham condições de comprar brinquedos para as crianças. Por isso, Nené começou a brincar com argila e passou a fazer os seus próprios brinquedos.

 

Quando cresceu ela se mudou para a capital, João Pessoa, para se formar no ensino médio e começar uma faculdade. A artista ainda concluiu o curso de enfermagem e trabalhou como enfermeira por algum tempo, mas não se identificou com a profissão.

 

Depois de concluir também um curso de pedagogia e trabalhar como professora por muitos anos, ela finalmente se encontrou no último curso acadêmico que resolveu fazer: Artes Plásticas. A partir daí Nené percebeu uma mudança. Ela se sentiu livre para criar e se expressar a partir das esculturas que voltou a fazer no barro.

 

As primeiras peças feitas por ela foram as mulheres, em sua maioria com corpos nus e figuras robustas. O trabalho de Nené aos poucos foi ganhando notoriedade e a primeira exposição foi realizada na Biblioteca Central da Universidade Federal da Paraíba. Hoje em dia, depois de vender peças para diversos estados do Brasil, as peças da artista já conquistaram o mundo, tornando-a uma artista reconhecida internacionalmente.

 

A característica principal das peças feitas por ela é a riqueza de detalhes. As esculturas são complementadas com bustiês de rosas, fuxicos, flores, brincos, colares, cabelos feitos com pregos, molas e metais. Além disso, Nené também busca no barro uma forma natural de colorir suas peças, pois queima em um forno específico que faz com que ele mude de tonalidade. É uma artista que está sempre em busca da originalidade.

 

//

 

 

Maria das Neves Cavalcanti Moreira, better known as Nené Cavalcanti, was born on a farm in the city of Alagoa Nova interior of Paraíba. She is one of the ten daughters of the farmer Apolônio Graciano da Silva and stay-at-home-mom Josefa Cavalcanti da Silva.

 

Due to financial difficulties, they could not afford to buy toys for their children. So Nené started playing with clay and began to make her own toys.

 

As she grew old, she decided to move to the capital of the state, João Pessoa, to graduate from high school and start college. She also completed a nursing course and worked as a nurse for a while, but didn’t identify with the profession.

 

After also completing a course of education and working as a teacher for many years, she finally found the last academic course she decided to do: Fine Arts. From there Nené noticed a change. She felt free to create and express herself with the sculptures that came from the mud.

 

The first pieces made by her were women, mostly with naked bodies and robust figures. Her work gradually gained notoriety and the first exhibition was held in the Federal University of Paraiba Central Library. Today, after selling pieces for various states of Brazil, her work already conquered the world, making her an internationally recognized artist.

 

The main feature of the sculptures made by her is the wealth of details. They are complemented with bustiers roses, “fuxicos”, flowers, earrings, necklaces, hair made with nails, springs and metal. Also, Nené searches a natural coloring in the mud by burning the sculptures in a special oven that makes it changes hue. She is an artist that is always in search of originality.

Please reload

BUSCA POR ASSUNTO
Please reload