Featured Posts

Bordado Filé

April 22, 2016

 

O Filé, técnica típica do estado de Alagoas, é um tipo de bordado de origem europeia. Essa arte foi difundida através das gerações na região das lagoas Mundaú e Manguaba, que ficam próximas a capital do estado, Maceió.

 

O nome vem do francês “filet”, que significa rede. Esse nome descreve exatamente o processo, pois o filé é feito sobre uma rede de fios de algodão montada em um molde de bambu. Depois de construída essa rede, chamada também de malha, o desenho escolhido começa a ser preenchido com a ajuda de uma agulha de madeira. Quanto mais variadas as cores e combinações de pontos, mais bonito ficará o resultado final.

 

As combinações que serão feitas no desenho são previamente planejadas pelas artesãs e marcadas na rede antes do trabalho começar. Tudo é milimetricamente contado, definido e marcado, para que não aconteçam erros. Existem artesãs que preenchem o bordado e outras que trabalham apenas com a marcação do desenho ou com a confecção da rede.

 

O Filé envolve diversas pessoas, o que acabou criando uma cadeia produtiva voltada para esse bordado. Dessa mistura de gente e de técnicas de trabalho, formou-se, ao longo da história, a cultura do bordado filé, que se manteve e se desenvolveu até a forma como o conhecemos nos dias de hoje, mas sem perder o charme rústico que marca o estilo bem brasileiro.

 

//

 

 

 

The Filet, typical technique of the state of Alagoas, is a type of embroidery with  European origin. This art was passed through generations in the region of Mundaú and Manguaba ponds,near the state capital, Maceió.

 

The name comes from French "filet" which means net. This name accurately describes the process as the embroidery is done over a net of cotton yarn mounted on a bamboo mold. After the net is built the chosen design begins to be filled with the aid of a wooden needle. The more varied the colors and combinations of points, the more beautiful will be the end result.

 

The combinations that will be made in the design are pre-planned by the artisans and marked on the net before all the work begins. Everything is calculated, set and marked. There are artisans who fill the embroidery, others that work only with the marking of the design or manufacturing the net.

 

The Filet involves several people, which ended up creating a focused supply chain for this embroidery. This mixture of people and working techniques, formed, throughout history, the embroidery filet culture that remained and grew up the way we know it today, but without losing the rustic charm that marks good Brazilian style.

 

 

 

Please reload

BUSCA POR ASSUNTO
Please reload