Featured Posts

Cerâmica Serra da Capivara

January 20, 2016

 Foto: Larissa Pampolha. / Peças em exposição na loja Fuchic dos Jardins.

 

A partir da iniciativa de uma arqueóloga, em 1994 os moradores do entorno no Parque Nacional Serra da Capivara começaram a confeccionar os mundialmente famosos artesanatos em cerâmica.

 

O objetivo inicial era implantar uma nova fonte de renda para estas pessoas que também incentivasse a preservação do parque e do meio ambiente. Isso foi levado em consideração já que a fonte de renda disponível para a comunidade vinha da exploração pela caça e desmatamento.

 Foto: Larissa Pampolha. / Peças em exposição na loja Fuchic dos Jardins.

 

Os artesãos aprenderam a produzir as peças de cerâmica através da Fundação Museu do Homem Americano (FUMDHAM) com aulas ministradas por ceramistas italianos e japoneses. Hoje coordenados por Girleide Oliveira, gerente administrativa e financeira do local, os artesãos produzem esculturas e utilitários que são considerados o cartão de visitas do Piauí e a cada seis meses são exportados para diversos países.

 

O local possui a maior quantidade de pinturas rupestres do mundo, que são reproduzidas nos trabalhos dos artesãos. A cerâmica da Serra da Capivara, além de funcional, também possui o valor social, pois contribui para o desenvolvimento e preservação da região.

 Foto: Larissa Pampolha. / Peças em exposição na loja Fuchic dos Jardins.

 

O Parque Nacional Serra da Capivara contém a maior área de concentração de sítios pré-históricos do continente americano. O local é reconhecido como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.

Please reload

BUSCA POR ASSUNTO
Please reload