Featured Posts

Fibra de Tucumã

March 19, 2017

 

 

 

No coração da Amazônia, no Rio Arapiuns, existe uma comunidade que faz a produção artesanal de cestarias em palha de tucumã. São cerca de 30 artesãs que, com a ajuda de projetos, resgataram essa tradição local.

 

O trançado de fibras vegetais é uma das artes mais antigas do mundo. As populações tradicionais da Amazônia utilizam inúmeras fibras nativas, para tecer cestas, mandalas, bolsas e muitos outros produtos utilitários e decorativos.

 

As fibras são tingidas com pigmentos naturais extraídos da floresta, como o jenipapo, urucu, crajiru, mangarataia e capiranga. As folhas, frutos ou raízes destas plantas, são pilados ou ralados, acrescentados à mistura de água e palha seca para a fervura.  Utilizando diferentes técnicas, com variedade de cores, texturas e formas, é possível fazer grafismos e estampas lindíssimas.

 

Além de lindo, o trabalho é totalmente sustentável, e já recebeu inclusive uma certificação do FSC (Conselho Brasileiro de Manejo Florestal) como produto ecologicamente manejado, socialmente justo e economicamente viável.

 

Todas as peças são fruto de um processo de conscientização e qualificação, um trabalho coletivo que promove inclusão social e cidadania. O projeto já ganhou diversos prêmios e, além dos produtos estarem expostos em várias feiras e eventos pelo Brasil, agora são exportados para diversos países.

 

//

 

In the heart of the Amazon, in Arapiuns River, there is a community that produces handmade basketry in tucumã straw. There are about 30 artisans who, with the help of projects, have rescued this local tradition.

 

The braided vegetable fiber is one of the oldest arts in the world. Traditional Amazonian populations use innumerable native fibers to weave baskets, mandalas, purses, and many other utilitarian and decorative products.

 

The fibers are dyed with natural pigments extracted from the forest, such as jenipapo, urucu, crajiru, mangarataia and capiranga. The leaves, fruits or roots of these plants are pounded or grated, added to the water and dried straw mixture for boiling. Using different techniques, with variety of colors, textures and shapes, it is possible to make beautiful graphics and prints.

 

Besides the beauty, the work is totally sustainable, and has already received a certification from the FSC (Brazilian Council of Forest Management) as an ecologically managed, socially fair and economically viable product.

 

All the pieces are the result of a process of awareness and qualification, a collective work that promotes social inclusion and citizenship. The project has already won several prizes and, in addition to the products being exhibited at several fairs and events throughout Brazil, they are now exported to several countries.

 

Please reload

BUSCA POR ASSUNTO
Please reload