Featured Posts

Juazeiro do Norte e o Mestre Noza

June 2, 2017

1/9

 Inocêncio Medeiros da Costa, o Mestre Noza, foi um grande escultor brasileiro. Ele nasceu na cidade de Taquaritinga do Norte, em Pernambuco, 1897. No ano de 1912 ele decidiu ir a pé como romeiro, junto com sua família, até Juazeiro do Norte, no Ceará, percorrendo uma distância de 480km.

 

Assim começou a relação do artista com a cidade, onde ele e a família se estabeleceram. No início ele trabalhou em diversas funções, como soldado, funcionário de estrada de ferro e até funileiro. O trabalho com artesanato começou através de pedidos de romeiros, para os quais ele fazia pequenas esculturas de santos.

 

Só a partir de 1930, tornou-se conhecido como artista popular, escultor de imagens e xilogravurista. Sua primeira escultura foi um São Sebastião e sua primeira xilogravura, uma capa de literatura de cordel.

 

Mas o grande sucesso de Mestre Noza começou em 1963, quando o artista Sérvulo Esmeraldo deu a ele uma série de gravuras da Via Sacra e encomendou as matrizes em madeira. O resultado do trabalho foi muito satisfatório, e Sérvulo resolveu levar as matrizes para a França, em uma viagem que fez.

 

Com elas, conseguiu produzir uma edição especial, com apenas 22 exemplares impressos à mão. O folheto da Via Sacra foi lançado em Paris, com um sucesso tão grande que foi feita uma nova edição de mil exemplares, também esgotada rapidamente.

 

Desde então, Mestre Noza participou de diversas exposições com obras de escultura e xilogravura no Crato, no Recife, no Rio de Janeiro e em Paris. É considerado o grande artista popular do Cariri. Alguns trabalhos feitos por ele fazem parte do Museu de Arte do Ceará e do Instituto de Estudos Brasileiros da USP.

 

No ano de sua morte, 1983, através de projetos da Secretaria Municipal de Cultural, um antigo prédio da Policia Militar do Ceará foi reformado e passou a ser utilizado como prédio do Centro de Cultura Popular Mestre Noza.

 

As fotos que ilustram esse post foram feitas lá, são obras que pertencem a vários artesãos de Juazeiro do Norte que se inspiraram no grande Mestre Noza. É uma grande homenagem ao artista e também uma maneira de fortalecer e incentivar o crescimento dos artesãos locais.

 

//

 

Inocêncio Medeiros da Costa, Mestre Noza, was a great Brazilian sculptor. He was born in the city of Taquaritinga do Norte, in Pernambuco, 1897. In 1912 he decided to go on foot as a pilgrim, along with his family, to Juazeiro do Norte, in Ceará, traveling a distance of 480km.

 

Thus began the relation of the artist to the city, where he and the family settled down. At first he worked in various roles, such as soldier, railroad employee and even tinker. Craft work began with requests from pilgrims, for whom he made small sculptures of saints.

 

Only from 1930, he became known as a popular artist, sculptor and woodcutter. His first sculpture was a San Sebastian and his first woodcut, a cover for Cordel literature.

 

But the great success of Mestre Noza began in 1963, when the artist Sérvulo Esmeraldo gave him a series of engravings of the Via Sacra and commissioned the wooden matrices. The result of the work was very satisfactory, and Sérvulo decided to take the matrices to France, in a trip that he did.

 

With them, he managed to produce a special edition, with only 22 copies printed by hand. The Via Sacra brochure was launched in Paris with such a success that a new edition of one thousand copies was made, also sold out quickly.

 

Since then, Mestre Noza has participated in several exhibitions with works of sculpture and woodcut in Crato, Recife, Rio de Janeiro and Paris. He is considered the great popular artist of Cariri. Some works done by him are part of the Ceará Art Museum and the Brazilian Studies Institute of USP.

 

In the year of his death, 1983, through projects of the Municipal Cultural Department, an old building of the Military Police of Ceará was reformed and it was used as a building of the Mestre Noza Center of Popular Culture.

 

The photos that illustrate this post were made there, they are works that belong to several artisans of Juazeiro do Norte who were inspired by the great Mestre Noza. It is a great tribute to the artist and also a way to strengthen and encourage the growth of local artisans.

Please reload

BUSCA POR ASSUNTO
Please reload