Featured Posts

Fibra de Tucum

July 20, 2017

 

O Tucum é uma palmeira encontrada em todo o território brasileiro, principalmente na Amazônia, que pode atingir até 15 metros de altura. Dele, as folhas, frutos, fibras e sementes são reaproveitadas.

 

A fibra do tucum é uma espécie de linha bastante resistente, conhecida pelos amazônidas como “linha da lealdade”. Esse material atraiu a atenção de grupos de artesanato, que vêem nessa fibra uma matéria-prima forte e resistente, capaz de gerar renda e levar um desenvolvimento sustentável para regiões necessitadas.

 

A tradição de fazer trançados com o tucum começou com os indígenas, mas foi logo aprendida pela primeira geração de seringueiros, que transmite esse conhecimento até hoje para as novas gerações.

 

Através das mãos de artesãs habilidosas das comunidades, surgem redes, bolsas e sacolas, cestarias e caixas. Além da fibra, quase tudo do tucum se aproveita: o óleo, os frutos, as folhas, a polpa. Com suas sementes, por exemplo, são produzidos anéis.

 

//

 

The Tucum is a palm tree found throughout the Brazilian territory, mainly in the Amazon, which can reach up to 15 meters in height. From it, the leaves, fruits, fibers and seeds are reused.

 

The fiber of the tucum is a species of line quite resistant, known by the amazon ones like "line of the loyalty". This material attracted the attention of handicraft groups, who see in this fiber a strong and resistant raw material, able to generate income and to lead a sustainable development to regions in need.

 

The tradition of making tucum with the tucum began with the Indians, but was soon learned by the first generation of rubber tappers, who transmits this knowledge until today to the new generations.

 

Through the hands of skilled artisans of the communities, networks, bags and bags, baskets and boxes appear. Besides the fiber, almost everything of the tucum takes advantage of: the oil, the fruits, the leaves, the pulp. With their seeds, for example, rings are produced.

Please reload

BUSCA POR ASSUNTO
Please reload