Featured Posts

Dia da Árvore

September 20, 2018

 

No dia 21 de setembro, comemora-se o Dia da Árvore no Brasil. A data foi criada para conscientizar a população sobre a importância dessa grande riqueza natural e foi escolhida por estar próxima ao início da primavera, que começa no dia 23 de setembro.

 

Sendo um país com tanta diversidade, as espécies de árvores encontradas no Brasil são incontáveis. Entretanto, podemos destacar algumas mais comuns e conhecidas. E aproveitando essa ideia, uma designer brasileira eternizou essas espécies em formas de presentes especiais.

 

As espécies são cortadas em madeiras de reflorestamento Lyptus, com base de madeira ipê. Tudo é pensado para que seja feito de forma mais sustentável possível. Elas vêm em uma caixa muito bonita, perfeita para transportar em viagens para presentear um amigo querido. É uma excelente opção para Brindes Corporativos também.

 

Leia um pouco mais sobre cada espécie que selecionamos em nossas lojas:

 

Sumaúma

 

 

Os indígenas da Amazônia consideram-na a "Mãe-das-Árvores", pois suas raízes tubulares em determinadas épocas, arrebentam e irrigam toda a área em torno de si e de todas a vegetação que a circunda. A "ÁRVORE DA VIDA", mais um de seus nomes, tem porte majestoso com verdadeiros compartimentos nas raízes, que acabam sendo transformados em habitações pelos indígenas. Ao sobrevoar a região amazônica, qualquer um, mesmo sem conhecê-la é capaz de identificá-la e captar a sua energia, sua altura e beleza se destacam na imensidão da floresta.

 

Paineira

 

 

A Paineira, uma das mais típicas árvores da floresta secas do interior do Brasil, despe-se de suas folhas no período seco e revela a beleza e graça de suas flores rosadas. Seu tronco mantém a beleza verde brilhante mesmo em sua maturidade encimado pela copa volumosa e extraordinária e coberto, muitas vezes, por espinhos protetores. Envoltos nos macios tufos de paina, seus frutos ao caírem cobrem o chão em redor com lindo tapete branco. Diz-se no Brasil que, com certa idade, já não dando mais flores e frutos, a Paineira perde seus espinhos para receber ninhos de pássaros, o que seria impossível com a presença deles, para assim continuar sua contribuição á natureza.

 

Castanheira

 

 

A Castanheira, árvore nativa do Norte do Brasil, tem porte grandioso que pode passar dos 50 metros de altura, tronco largo, robusto e com vasta copa. Árvores da amazônia. Forte e longeva, chega a viver até 1.000 ou 1.600 anos. Ergue seus ramos acima de todas as árvores ao redor e lança das alturas seu valioso fruto a Castanha-do-Pará, que muito contribui para o sustento do povo da Amazônia. Fruto precioso que só é dado pelas árvores em mata virgem, pois apenas nelas existem as orquídeas que, por seu perfume, atraem um certo gênero de abelhas: As "Abelha-da-Orquídea", fortes e equipadas o suficiente para a difícil polinização da flor da castanheira. A grande Abelha-da-Orquídea fêmea poliniza a Castanheira-do-Pará. Sem a orquídea as abelhas não cruzariam, e portanto a falta de abelhas significaria que o fruto não seria polinizado.

 

Araucária

 

 

A Araucária, árvore típica do sul do Brasil, é uma das mais imponentes entre as árvores do nosso país. Seu tronco assoma como uma magnífica coluna morrom-aroxeada a alturas de até 50 metros, sustentando uma copa cujos ramos estendem suas rígidas e escuras folhas verdes para todas as direções. Com uma forma única na paisagem brasileira pode ser contemplada altaneira sobre a névoa das serras no frio inverno do sul. Grandiosa árvore brasileira que em tempos difíceis para os colonizadores forneceu-lhes suas sementes como alimento e até hoje faz parte da rica culinária da região. A importante presença da araucária representa proteção, abrigo e sustento para todos que a rodeiam.

 

Ipê Amarelo

 

 

O Ipê, considerada a árvore símbolo do Brasil e flor nacional, impressiona por sua altura elegante de cerca de 30 metros e pela beleza de sua floração amarelo-ouro, inconfundível entre o verde das árvores ao seu redor. Perde sua folha exatamente na época da floração, desta forma troca seu verde austero pelo esplendor amarelo que tanto encanta quem o admira. Seu tronco e galhos levemente tortuosos de tom cinza-rosado firmam-se profundamente no solo pelas raízes vigorosas e erguem-se numa vasta e deslumbrante copa. Árvore de madeira forte, mas de aspecto delicado, une resistência e durabilidade a beleza, graça e suavidade. Fonte de inspiração para muitos poetas.

 

Peroba Rosa

 

 

A Peroba-Rosa, árvore brasileira nativa da mata atlântica, de desenvolvimento lento e madeira dura, chega a atingir de 20 a 30 metros de altura. Suas flores costumam aparecer entre outubro e novembro, são pequenas, brancas e hermafroditas. Quando solitária na paisagem, não há como não notá-la. Embora a copa não cresça da forma tradicional, é uma espécie bastante imponente. O nome Peroba-Rosa é mais comum no estado do Paraná. Ela é conhecida ainda por Peroba-Amargosa, Peroba-Açu, Sobro (no Espírito Santo), e Peroba Comum.

 

Essas peças podem ser adquiridas em nossas lojas:

 

Fuchic Jardins

Endereço: Alameda Franca, 1.167

Telefone: 11 3085-0434

Celular/Whatsapp: 11 97639-5311

E-mail: jardins@fuchic.com.br

 

Brasil Presente Guarulhos

Endereço: Aeroporto Internacional de Guarulhos, Terminal 3, Portão 317,  Embarque.

Celular/Whatsapp: 11 94540-7910

E-mail: aeroportogru@fuchic.com.br

 

Please reload

BUSCA POR ASSUNTO
Please reload